Quem inventou a expressão “ano novo, vida nova” estava muito enganado. O Janeiro foi uma sucessão de desesperos económicos, daqueles que implicaram inclusivamente recurso ao resgate. Eis se não quando, enquanto me enrodilhava cada vez mais no meu próprio novelo de aflições, tudo mudou. Não precisava era de ter mudado tudo ao mesmo tempo.

Portanto Sábado de manhã efetuei o meu exame final, almocei num vegetariano muito agradável e até provei uma “cerveja viva” ucraniana (daquela que só tem um mês de validade). Posto isto cheguei a casa e permaneci esperando pelas chaves do novo lar. Vieram as chaves pelas nove da noite. Com uma equipa de estoicos amigos terminámos a mudança pelas quatro da manhã. Ao meio dia de domingo a escritora famosa que veio substituir-nos nem queria acreditar que não restava um móvel. Pudera, multiplicavam-se desordenadamente no andar de cima. Sim, é que me limitei a mudar para o topo do prédio. Poderiam pensar que isso facilita. Sim e não. Ah e tal é só subir, não é preciso senhores das mudanças. Nem sequer é preciso arrumar as coisas em caixas, leva-se só para cima. Muito bonito! E agora onde está a minha roupa “smart casual” que vem nas especificações do meu novo emprego?

ARRANJEI EMPREGO!!! E começo hoje. Segunda-feira, 2 de Fevereiro 2015 – o dia em que abraço a vida corporativa. Mas não temam, não pretendo deixar de escrever. Permitam-me apenas este interregno de uma semana para idas ao Ikea, renovação de guarda-roupa, e organização de uma casa do dobro do tamanho.

Além de que me falta inspiração. A única alusão sexual recorrente nestes dias provém de uma nova dieta que adotei. Um must, nada como alimentar-me exclusivamente à base de bananas, cheias de potássio, para me encher de energia para esfregar o sarro de outrem.

Se não voltar a escrever dever-se-á, provavelmente, ao traumatismo craniano que desenvolvi por bater repetidamente com a cabeça no teto. Isto de pôr o quarto nas águas furtadas já me pareceu uma ideia mais brilhante.

Até para a semana, que é Dia dos Namorados, esse feriado cheio de sentido ❤

sexo_oral-10 (1)