Bloody Trump

“Whatever” (Bloody Trump). Sarah Levy, Portland, 2015

Acho apropriado no dia em que Trump parece ter perdido as eleições (só acredito mesmo quando o vir sair de lá em Janeiro) partilhar esta peça de Sarah Levy feita com o seu sangue menstrual. A artista pintou este Trump sangrento com um tampão na sequência de um dos seus incontáveis comentários misóginos, no caso, um comentário dirigido a Megan Kelly (Fox News) em que de forma nada airosa pulula que esta tinha “blood coming out of her wherever”. Elegante, não é? Até porque quando uma mulher é vocal sobre alguma coisa, é porque deve estar com o período (o tópico que o chateou tinha a ver com sexismo). Sarah Levy descreve esta obra como uma resposta à misoginia de Trump mas referiu, na altura, que a sua política relativamente aos imigrantes era particularmente chocante. Sarah, além de artista, trabalhou como jornalista na Palestina. Não encontrei nenhuma conta de instagram para ela, mas vou deixar o site dela num link na bio.

Autor: prontoadespir

Sexo descomplicado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s